COMO FUNCIONA A ECONOMIA BRASILEIRA

COMO FUNCIONA A ECONOMIA BRASILEIRA

09/06/2021 Off Por Viviane

Você já deve ter ouvido falar no banco central também carinhosamente conhecido como bacen.

O bacen controla a quantidade de dinheiro e crédito na economia isso porque ele tem dois super poderes primeiro ele controla os juros.

A taxa que mede a variação dos juros se chama taxa Selic já deve ter ouvido falar dela.

Á variação da taxa Selic que influencia nos juros dos cartões de crédito, dos financiamentos, dos empréstimos e também na rentabilidade das aplicações financeiras e investidor.

O segundo o super poder do bacen é de imprimir papel moeda, a nossa moeda o real é nada mais que uma forma de representar a riqueza no nosso país.

Se o brasil tem pouco papel-moeda impresso é possível comprar mais coisas com menos moeda. Já se o brasil tiver muita quantidade de papel-moeda impresso tem muito papel moeda para a mesma quantidade de riqueza então vai ser preciso de mais moeda para comprar as mesmas coisas.

Esses dois super poderes fazem do banco central um órgão que tem influência direta na disponibilidade de crédito na economia.

Como os bancos funcionam?

O modelo de negócio dos bancos é fazer mais dinheiro com o dinheiro que ele empresta. E quem pega dinheiro emprestado do banco é para comprar alguma coisa que normalmente essa pessoa não tem condições de comprar com o próprio dinheiro tipo um carro, uma casa, ou conseguir capital para abrir um negócio.

Quem pega dinheiro emprestado no banco promete devolver a ele o valor total que foi pego emprestado chamado de principal e mais um valor adicional chamado de juros.

Quando a taxa Selic sobe menos pessoas passam a pedir dinheiro emprestado para os bancos. Porquê? Porque os bancos estão cobrando mais juros então empréstimo tá caro.

Quando a Selic desce mais pessoas vão pedir dinheiro emprestado aos bancos porque os juros tão baixos.

E quem é que regula taxa Selic então? É o bacen que é o responsável pela disponibilidade de crédito na economia.

Então quando os juros estão baixos, têm muito crédito na economia e como as aplicações financeiras também estão rendendo menos tem muita gente sacando dinheiro de suas contas para consumir mais.

Então de forma geral têm um aumento na quantidade de dinheiro gasta pela população.

O aumento dos gastos é o mesmo que o aumento da demanda. Quando a demanda é alta e supera a oferta os vendedores passaram a cobrar mais caro pelos seus produtos.

Porque? Porque esses produtos ficaram escassos então são portanto mais valiosos.

Inflação

Esse aumento dos preços se chama inflação, que no brasil é medido por uma taxa chamada IPCA.

O banco central não quer muita inflação porque isso gera problemas, como quem viveu aí no brasil entre 1980 e 1994 bem sabem.

Então quando o bacen vê os preços aumentando o que ele faz? Aumentar a taxa Selic. Com juros mais altos menos pessoas podem pegar dinheiro emprestado.

Isso porque o crédito está mais caro. E como menos pessoas estão pegando dinheiro emprestado a população tem menos para gastar.

E ainda para se beneficiar dos juros altos a população coloca o dinheiro que têm nas aplicações financeiras, que estão rendendo mais agora que a Selic está alta.

Deflação

Então no geral a circulação de dinheiro na economia diminui, como tem menos consumo a oferta de bens passa a ser maior do que a procura, então o preço dos produtos diminui, isso é chamado de deflação.

Mas o Banco Central também não quer muito a deflação porque isso prejudica o crescimento do PIB que mede o tamanho da nossa economia.

Quando o PIB diminuiu ao invés de aumentar a gente passa por uma recessão.

Antes de haver uma recessão o Banco Central tem que diminuir as taxas de juros para estimular o consumo e fazer as pessoas voltarem a gastar.

Mas se o banco central não responder rápido a situação econômica, a recessão pode ser brava, o que pode levar a um cenário onde não faça mais sentido que o bacen diminua as taxas de juros para aumentar o consumo.

Porque ele vai ter diminuído a Selic a um nível que não tem mais como diminuir, e como as pessoas ainda estão consumindo pouco as empresas consequentemente estão vendendo menos e vão precisar cortar gastos na tentativa de se manterem lucrativas.

Veja Também: Como criar conta internet banking da Caixa Econômica

Taxa de desemprego

Com isso as taxas de desemprego sobem e como o governo recolhe imposto através da renda dos empregados e através do consumo de produtos e como tem poucos empregados e têm pouco dinheiro sendo gasto o consumo de produtos o governo passa arrecada menos.

Só que como tem mais desempregados o governo precisa dar mais auxílios essas pessoas como auxílio desemprego, mais bolsa família, o que no geral aumenta os seus gastos.

Com os gastos do governo em fase de recessão são muito altos e a sua arrecadação é muito baixa o banco central começa a imprimir papel-moeda.

Porque? Porque ai o governo começa a usar esse dinheiro para financiar os auxílios as pessoas que estão precisando na forma de auxílio desemprego, bolsa família e também em obras de infraestrutura para gerar emprego.

Além disso o banco central oferece bons preços para recomprar os títulos públicos no mercado para aumentar a disponibilidade de dinheiro para a população. (Fonte: Jovens de Negócios)

Aumento do consumo

Quando você compra um título o governo fica com seu dinheiro porque você comprou o título dele. Se ele recomprar o título de você ele está te devolvendo o dinheiro. Então é um dinheiro que você tem agora que você pode usar para consumo.

O aumento do consumo e a impressão de papel moeda estimulam o aumento dos preços. Ou seja impulsionam a inflação de forma saudável fazendo com que o banco central possa voltar a subir com a taxa Selic para o relógio. Textura aqui

WhatsApp Necromancy – rajando por TM

👉PARABÉNS VOCÊ GANHOU R$50,00! BAIXE O APLICATIVO ABAIXO E RESGATE SUA RECOMPENSA👈