Apple Watch vale a pena comprar?

Apple Watch vale a pena comprar?

31/05/2021 Off Por Viviane

A Apple chegou com tudo no mercado de wearables com o dispositivo que ela mesma rotula como “o mais pessoal de toda a sua linha de produtos” criado para usar direto no seu próprio corpo.

E, convenhamos: no mundo dos dispositivos vestíveis, há aquela grande dualidade: estilo e funcionalidade. Afinal, um relógio é uma peça do vestuário, e é por isso mesmo que a Apple investiu tanto contratando especialistas em moda para ajudar a desenhar seu primeiro relógio inteligente.

Como a própria Maçã diz em seu site, o Apple Watch está aí com pulseiras e fechos diversos “para cercar o seu pulso de estilo”. E cerca mesmo.

Vamos conhecer agora cinco motivos para você comprar o Apple Watch.

Existe um Apple Watch para cada tipo de pessoa. São 38 modelos divididos em três categorias: Apple Watch Sport, a mais em conta, Apple Watch, a intermediária, e Apple Watch Edition, a mais cara.

A coleção Sport vem com caixa prateada ou cinza espacial de alumínio anodizado, com tela de vidro Ion X reforçado.

São cinco cores diferentes de pulseiras de fluoelastômero. A linha Apple Watch já vem com caixa de aço inoxidável prateado ou preto e tela protegida por cristal Safira, com uma variedade de pulseiras, feitas em couro, elos metálicos, estilo milanês ou fluoelastômero.

Já a coleção Edition do Watch coloca toda a elegância e requinte de uma verdadeira jóia acima de tudo: as caixas são feitas de ouro ou ouro rosa 18 quilates duas vezes mais resistentes que o ouro tradicional, com mostrador protegido por cristal Safira e pulseiras sofisticadas, feitas em couro, metal ou fluoelastômero.

Tamanhos dos relógios

Todas as linhas vêm em dois tamanhos, com caixas de 38mm e 42mm, para melhor adaptação ao pulso.

Se o seu negócio é estilo, o Apple Watch foi feito para você. A construção, o acabamento e as linhas do relógio inteligente da Apple são de tirar o chapéu.

Ele é fino, compacto, leve, resistente e, principalmente, elegante. São 42mm por 37mm de espessura no modelo maior e 38mm por 33mm no modelo mais compacto, e a tela retangular não fez feio — aliás, ela lembra bastante o iPhone de primeira geração, o que faz até bater aquela nostalgia.

Na lateral, o Apple Watch conta com uma coroa para rolar a tela e ampliar aplicativos e um botão lateral para acessar o hub de amigos.

Certamente, o design é o ponto que mais chama a atenção no wearable da Maçã, como tudo que é assinado pela marca.

A pulseira se encaixa bem no pulso e o peso (50g, na versão intermediária) é um ponto positivo. Escolhemos a versão de 42mm justamente por acreditarmos que seja mais prático lidar com os aplicativos em um espaço um pouquinho maior, com tela de 1,7 polegada e resolução de 312 x 390 pixels.

Display

E por falar em tela, gostamos muito do que vimos: alta fidelidade de cores e uma taxa de contraste que deixa tudo ainda mais vívido no display. Gostamos da praticidade de ter tudo ali no pulso, bastando levantar o braço pra ler ou enviar uma mensagem e até mesmo visualizar uma fotografia.

O Apple Watch vem com vários apps de fábrica, e como entende português, fica fácil enviar comandos de voz para escrever e-mails e mensagens. Gostamos muito de ter um companheiro para monitorar atividades cardíacas e acompanhar caminhadas, corridas e vários outros tipos de exercícios. (Fonte: CanalTech)

Funções Apple Watch

Ele vem com conexão Wi-Fi e Bluetooth para estabelecer a comunicação com o iPhone e, claro, com a rede local. Ter no pulso uma extensão das principais funcionalidades do smartphone é algo bastante prático, principalmente para quem não dispensa ajuda da tecnologia no dia-a-dia.

Das funções do Apple Watch, a mais interessante é o sensor de monitoramento cardíaco, que acompanha o ritmo do usuário em atividades físicas. Ele mostra na telinha as calorias queimadas, o tempo de percurso, a distância percorrida e, claro, o ritmo do coração.

Uma função interessante, aliás, é a de queima otimizada de calorias: você “diz” para o Watch o quanto pretende queimar em seu exercício, seja corrida, elíptico, escadas ou caminhada, e ele calcula o tempo necessário para você alcançar seu objetivo.

Dica: Nova atualização do sistema operacional Apple

O relógio é à prova d’água?

Ah, e vale lembrar que, apesar de ser uma mão na roda nos esportes, o Apple Watch NÃO é à prova d’água, apesar de ser resistente.

Então, não aconselhamos a prática de esportes aquáticos, como mergulho, hidroginástica e natação. Muito embora já tenha sido provado que sim, ele aguenta bem um bom banho de piscina.

Os produtos da Apple sempre foram elegantes e diferentes daqueles da concorrência. Mas, dessa vez, a empresa decidiu transcender um pouco mais do totalmente tecnológico para o ramo da joalheria e da moda.

Os relógios inteligentes prometem ser os smartphones do futuro, e carregá-los como parte do seu vestuário, bem ali no seu pulso, é uma proposta bastante interessante. Se você é geek mas não abandona o bom gosto e tem estilo, ter um Apple Watch certamente vai ser a cereja do bolo.

Com ele você conversa com seus amigos, utiliza aplicativos como Uber e Instagram, controla sua Apple TV, acompanha seus batimentos cardíacos e envia e recebe mensagens com muita praticidade, sem precisar tirar o smartphone do bolso ou da bolsa.

Estes foram os 5 pontos positivos do Apple Watch, em nossa opinião. Mas, o relógio inteligente da Maçã tem lá seus pontos negativos, e a gente listou cada um deles nesse outro vídeo.

Remod ygg rajando por tm

👉PARABÉNS VOCÊ GANHOU R$50,00! BAIXE O APLICATIVO ABAIXO E RESGATE SUA RECOMPENSA👈